• Maringa.com no Facebook
  • Maringa.com no Twitter
  • Maringa.com no Google+

LITERATURA EM MARINGÁ

Nasceu em Presidente Prudente, São Paulo, em 63. Reside em Maringá desde 77. Estudou Direito e Letras na UEM, é professor de Literatura brasileira e palestrante nas áreas educacional e empresarial, com mais de 800 trabalhos realizados no Brasil e em Portugal.

Publicou 17 livros, três dos quais, de poesia:
A poesia como substância, 92
Ópera poems, 93
amor é que não é, 97


Outras publicações:
Educação para a felicidade, 2001
Poesia & prosa para vestibulandos, 2002
Será o Benedito? Dicionário de origens de expressões, 2002
Educação para as inteligências, 2003
A Lei de Zeca e outras leis, 2004
20 vezes Brasil, 2005
Vieira: dois sermões éticos, 2005
Literatura comentada, 2006
A Caverna dos sete sábios, 2006
Olhar e ver: a oportunidade mora ao lado, e-book, 2006


Alguns poemas seus:

A dor inventada
Chega, se acalma e senta
e me responde o que a dor da tua alma venta
Quantas vezes eu não te soprei flores?
Quantas vezes eu não te falei borboletas?
Quantas vezes eu não te sorri frutas?
Quantas vezes eu não te futurei amoras
quando tudo que eu tinha
era apenas o aqui e o agora?


Chega, se acalma e senta
e aceita que a pior das dores de amor
é a que a alma da gente inventa.



Cara e Coroa
O amor não dá carona
Convida a voar
O amor não tem consciência
O amor tem consciência demais
O amor chora e nem é notado
Então ri quando se percebe só
O amor é nó sobre nó
Faz fuxico, manha
O amor de manhã vira pó
Bota o amante pra fora
Esquenta o leite e faz café
O amor vai ao supermercado
E só compra geléia de morango
O amor detesta chuchu
Mas come com gosto
No azul do primeiro encontro
O amor é doce e ponto
O amor nunca é uma oração subordinada
É coordenado
Aditivo e descoordenado
O amor não quer regras
É agramático, apolítico e aético
O amor rói as unhas
Fica dodói
Se mói de ciúmes
Vai à janela e enxerga o vazio
Espera doído um telefonema
O amor tem sempre um problema pra resolver
O amor canta errado no banheiro
E ri feliz
Porque sabe que a felicidade
Está sempre por um triz
O amor é de carne e osso
Mais osso
Mais tutano
O amor é ponto perdido
Entre Saturno e Urano
O amor está em constante pagamento
Mas o amor é pobre
Não tem lenço, nem documento
Só identidade de mentirinha
Carteirinha de clube
O amor vai ao circo
Vira palhaço
Brinca de mágico
Tira moeda da orelha
E flores do coração
O amor é brincalhão
Pede o que não pode
Dá o que não tem
O amor está sempre devendo o amor
O aluguel
E a última prestação da casa própria
O amor ia mudar de país
Mas descobriu
Que o amor não tem nação
Que ele é apenas
Uma criança levada
Que se esconde em qualquer coração.


quando saí, hoje,
        pela manhã
fazia noite
um cheiro de despedida rondava o ar
o céu era de um cinza morno
vazio
apenas um meia lua
ou menos
uma estrela bem viva
e eu
vagando entre o quase cinza do céu
e a estrada sem caminho
vazio
uma estrela brilhante
uma lua nova
um coração minguante



O Amor é um ensaio
O amor é um ensaio
Quando perde as folhas em maio
Brota e floresce em setembro
Se bem me lembro


O amor é um pássaro de fogo
Quando queima, ensopa
Quando voa, pára
Se duvida, topa
E arde tudo à sua volta


O amor é uma refeição
É pão com geléia no café
No almoço, arroz com feijão
E no jantar de todo dia
Febre, manjar e folia


O amor é rascunho, bicho, comida
Não é morte, nem é vida
O amor é o desenho do vôo do aroma
Algo pra que se coma
Pra que se chova, pra que se ria
No inverno planta a dor
E no verão colhe a poesia


Eu digo que te adoro
Você ri de lado
Eu me ajoelho
Você vira o rosto
Eu te beijo
Você desdenha
Eu me desdobro
Você come maionese
Eu rio de graça
Você diz que é enterro
Eu me enterro
Você se desterra
Mas quando eu me deito e calo
Você azula o dia
E desce da fama
E no chão de Drummond
Que é cama
Como todo mundo
A gente se ama


Desde sempre quando te vi
Tive lágrimas nos olhos
Tive um riso preso na garganta
Tive um juízo quebrado na cabeça
Tive um silêncio doído no coração
Tive uma bílis a mais
Tive um vazio nos olhos
Que nem duas meninas
São capazes de preencher
Desde sempre quando te vi
Foi assim
Assim seja, assim é



Voltar

CLASSIFICADOS MARINGÁ.COM



Material Pré-vestibular
Vende-se material escolar Pré-vestibular da Poliedro (3ao e cursinho ...
R$ 200,00


ONIX LTZ 2013 1.4 MY L...
Vendo ONIX LTZ 1.4 2013 2013 COMPLETO flex , AR DIGITAL, NAVEGADOR ...
R$ 37.500,00


Fusca 1.300, ano 1974,...
Vendo fusca 1.300, ano 1974, cor azul, documentação em dia, interna t...
R$ 9.400,00


HTV 5 HD MELHOR PREÇO!!!
(((Caixa De Streaming De IPTV Internet TV 1080P HD IPTV))) "Sem an...
R$ 650,00


Frete e Mudanças
FRETE E MUDANÇAS, FAZEMOS MONTAGEM DE MÓVEIS, VEÍCULO PRÓPRIO, CAMINH...
R$ 0,00


CLASSIFICADOS GRÁTIS