Pesquisa personalizada
  • Maringa.com no Facebook
  • Maringa.com no Twitter
  • Maringa.com no Google+

02/05/2012 (Quarta)


ECONOMIA
Programa Bom Negócio Paraná chega a empresários de Maringá e região


O Governo do Paraná lançou o Bom Negócio Paraná na região de Maringá. O programa assegura capacitação e crédito barato aos micro e pequenos empresários. Os empréstimos são feitos pelo Banco do Empreendedor, ligado à Fomento Paraná. Também foi instalado o Fórum Regional das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Setentrião Paranaense.

O secretário da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Ricardo Barros, afirmou que o Paraná possui a legislação mais avançada do país no tratamento das micro e pequenas empresas. “Melhoramos ainda mais com crédito barato e acessível, capacitação para os nossos empreendedores e criação de um ambiente de debates para melhorar as políticas públicas nas regiões”, disse, durante o lançamento dos programas na noite de sexta-feira (27) em Maringá.

O anúncio de crédito barato associado a treinamento chamou a atenção de centenas de empreendedores da região. Valdeci Xavier, morador de Maringá, pretende abrir um negócio de prestação de serviços em domicílio. Ele contou que ainda está analisando o mercado, mas que pretende pedir empréstimo pelo Bom Negócio Paraná.

Cauteloso o empreendedor explicou que sofre até hoje com uma sociedade que não deu certo. “Tive um sócio e acabamos tendo que fechar a empresa por falta de conhecimento estratégico do mercado”, detalhou. “Agora com cursos de treinamento, com juros baixos e suporte do Governo acredito que terei sucesso”.

META – O Bom Negócio Paraná assegura capacitação gerencial e crédito subsidiado. A meta é atingir 60 mil micro e pequenos empreendimentos formais e informais, com receita bruta de até R$ 2,4 milhões por ano. As linhas de crédito variam de 0,58% a 1,1% ao mês e serão ofertadas pelo Banco do Empreendedor da Agência de Fomento. Os recursos podem ser aplicados em capital de giro e na realização de obras, reformas, compra de móveis, instalações, montagens e aquisição de máquinas e equipamentos.

Quanto mais capacitado o empreendedor, mais barato será o juro. Os cursos gratuitos de capacitação gerencial são frutos de parceria com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. Os cursos são organizados e ministrados nas universidades estaduais. Cada um terá duração de 66 horas, durante 22 dias nas seguintes áreas: empreendedorismo e projeto de vida, gestão de negócios, gestão de pessoas, gestão financeira, gestão comercial e gestão estratégica.

“Estamos colocando o conhecimento da universidade à disposição da sociedade”, afirmou Mario Antonello, coordenador do programa Universidade Sem Fronteiras. Segundo ele, estão sendo montados 11 núcleos estaduais para dar suporte e capacitação aos empreendedores em todo o Paraná. “Os cursos vão levar em conta as características dos inscritos e as peculiaridades de cada região”, acrescentou.

OPORTUNIDADES – Na avaliação do vice-prefeito de Maringá, Carlos Roberto Pupin, os programas de incentivo ao setor criam oportunidades nos pequenos e médios municípios. “São ações que consolidam empresas, geram empregos e fixam as pessoas nas suas cidades. Evitam o problemático movimento migratório que é frequente entre habitantes de cidades menores que se deslocam diariamente para os municípios maiores”.

Os programas são resultados de parcerias entre o Governo do Estado as prefeituras e diversas entidades entre elas o Sebrae, Federação das Indústria do Estado do Paraná (Fiep), Associações Comerciais, Faciap, Agência de Fomento, comerciantes, empresários, empreendedores e lideranças locais e regionais.

FÓRUM - Junto ao Bom Negócio Paraná, foi instalado o Fórum Regional das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Setentrião Paranaense. Criado para debater políticas públicas que beneficiem as micro e pequenas empresas, o Fórum é formado por 28 entidades, entre elas governo, entidades de apoio e de representação do segmento de microempresas e empresas de pequeno porte.

O Fórum do Setentrião é mais um instalado seguindo a divisão das 18 microrregiões do Estado da Associação dos Municípios do Paraná (AMP). A entidade abrange os 30 municípios da Amusep e vai trabalhar pela criação de canais institucionais de interlocução com representantes locais, fomentando o debate de questões, políticas e empresariais, com o objetivo de criar um ambiente favorável para o desenvolvimento e competitividade de pequenos negócios.

O diretor-geral da Secretaria da Indústria e Comércio e secretário-técnico do Fórum Estadual, Ercílio Santinoni, explicou que o fórum é um espaço aberto para todas as entidades e pessoas quem queiram contribuir com o fortalecimento do setor. “Essa divisão na atuação entre o poder público e o setor privado ampliam a qualidade dos debates e geram boas linhas de ação para o fortalecimento e desenvolvimento do setor”.

Também participaram dos eventos a deputada federal Cida Borhetti, o prefeito de Ivatuba e presidente da Amusep Vanderlei Santini, o prefeito de Mandaguari Cileninho, o secretário de Desenvolvimento Econômico de Maringá Cláudio Batistela, o presidente da Federação da Micro e Pequenas Empresas do Paraná (Fampepar) Jonas Bertão. E ainda Elson Teixeira da Fomento Paraná e Paulo Meneguetti da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep). Além de prefeitos, vice-prefeitos e lideranças da região.



Voltar

Outras notícias

CLASSIFICADOS MARINGÁ.COM



PRISMA LT 1.4 AUTOMÁTI...
Prisma LT 1.4 automático 13/14 branco com 16.500KM AR CONDICI...
A Combinar


Linda Casa Nova Jd Par...
Linda casa de esquina no Jardim Paris VI * 1 Suíte + 2 quartos * ...
R$ 370.000,00


super promoçao de rece...
superbox prime hd 2 $$750,00 imperdivel Tenha hoje em sua Casa a Mel...
R$ 750,00


Suplementos On-line
COMPRE SEU SUPLEMENTOS ON-LINE ACESSE: www.arenasuplementos.com ...
A Combinar


CLASSIFICADOS GRÁTIS