• Maringa.com no Facebook
  • Maringa.com no Twitter
  • Maringa.com no Google+

17/07/2013 (Quarta)


INDÚSTRIA E COMÉRCIO
Empresa Suíça de aviões e helicópteros anuncia instalação de fábrica em Maringá.



O prefeito Roberto Pupin esteve nesta quarta-feira (17) com o governador do Paraná, Beto Richa, em Curitiba, para assinatura de protocolo de intenções com a Avio, fabricante de aviões e helicópteros. A empresa suíça, líder mundial na produção de componentes e sistemas de propulsão aeroespacial, vai instalar uma indústria em Maringá com investimentos de R$ 174 milhões, criando mais de mil empregos diretos.

Uma recente reunião entre autoridades estaduais e municipais definiu Maringá como o local para a instalação do polo aeronáutico e de defesa no Estado, e a Avio faz parte desse projeto. “Nossa cidade tem todas as condições necessárias para receber indústrias e empresas de diferentes áreas que desejam investir no Brasil e no Paraná. Estamos preparados com a infraestrutura necessária”, disse, referindo-se ao Parque Cidade Industrial.

A Prefeitura já reservou uma área no Tecnoparque do novo Parque Cidade Industrial para a instalação do Lactec e do Tecpar que poderão fazer a certificação e os ensaios dos materiais. Além disso, a Unicesumar e a UEM negociam parceria com o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), a abertura de cursos da área já no ano que vem.

A notícia foi recebida com ânimo pelo governador, que comemora a conquista de outros investimentos para o Estado que também prometem gerar empregos, impulsionando a economia. “O Paraná já atraiu mais de R$ 20 bilhões de novos investimentos que estão gerando 136 mil empregos com carteira assinada em todas as regiões do Estado”, disse.

O secretário da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Ricardo Barros, explica que a Avio faz parte do processo de implantação de um polo de aeronáutica e defesa no Estado. "Possuímos diversos atrativos para empresas do setor. A proximidade com o São Paulo, maior mercado brasileiro; a disponibilidade de áreas no entorno dos aeroportos e a qualidade da mão de obra são pontos que favorecem o Paraná".

Segundo Barros, o Paraná tem que aproveitar as oportunidades criadas com a decisão do Governo Federal de investir U$S 100 bilhões em defesa nos próximos 20 anos. " É um mercado aquecido e com uma demanda futura garantida", acrescenta.

AVIO
A empresa vai se instalar em uma área de 90 mil m2 no entorno do aeroporto internacional de Maringá onde produzirá helicópteros de dois lugares (SK-1 Twin Power) e aviões acrobáticos de dois lugares (F22 Pinguino), também produzirá peças e fará a manutenção de equipamentos.

A indústria terá capacidade máxima de produção de 600 helicópteros e 200 aeronaves por ano. Além do mercado brasileiro, a empresa planeja vender para países da América do Sul, Estados Unidos e Canadá.



Voltar


Outras notícias

CLASSIFICADOS MARINGÁ.COM



Carregador para Camera...
- De 40,00 por 20,00 - Carregador para Camera Samsung - PL 120...
R$ 20,00


Nissan Sentra 08/09
Sentra 08/09 placa A, 144000Km original, sem sinistro e sem leilão. C...
R$ 24.500,00


Sala Térrea 0,56% Renda
Sala Comercial Térrea 40 mts 1 vaga alugada rendendo 056% Rua M...
R$ 145.000,00


TERRENO MANDAGUAÇU
VENDO TERRENO JARDIM SÃO RAFAEL - MANDAGUAÇÚ, IMÓVEL COM 312 Mt2 QUIT...
R$ 0,00


BIVOLTS - INSTALAÇÃO/M...
A BIVOLTS vem com o propósito de proporcionar confiança, qualidade e ...
R$ 0,00


CLASSIFICADOS GRÁTIS