• Maringa.com no Facebook
  • Maringa.com no Twitter
  • Maringa.com no Google+

12/07/2018 (Quinta)


EMPREGO
Foi demitido? Não perca tempo e vá em busca de uma nova oportunidade



Em 2017 o brasileiro precisou de dois meses a mais para se recolocar no mercado profissional na comparação com 2016, segundo uma pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). Ou seja, um tempo maior que a duração do Seguro Desemprego. "Muitos candidatos afirmam que começam a procura por vagas apenas no último mês do benefício", diz Carolina Silva, Coordenadora de RH da Luandre, empresa que atende 200 das 500 maiores empresas do país.

O argumento mais comum para o comportamento de acordo com Carolina é o profissional não querer perder o benefício, caso consiga um emprego logo em seguida. Pelo mesmo motivo, muitos recusam também os empregos temporários, não levando em consideração que esta é uma ótima oportunidade de se mostrar ao mercado, com grande chance de efetivação. "A estimativa aqui na Luandre é de 40% de efetivação de temporários", acrescenta Carolina Silva.

Por isso, iniciar a busca por um novo emprego, logo após a demissão, pode trazer tranquilidade ao profissional, reduzindo o tempo de recolocação e resultando em melhor aproveitamento das oportunidades. "Uma das vantagens de iniciar a busca mais cedo é a calma que estes candidatos demonstram na entrevista pois, geralmente, dinheiro ainda não é um problema".

Para ajudar na busca, a especialista dá dicas essenciais para uma recolocação mais rápida:

Não espere!
Sendo sua decisão ou não, ao se desligar de uma empresa, parta para uma nova oportunidade. As chances não esperam, o seguro desemprego não dura para sempre e o mercado está muito competitivo para tirar um "período sabático".

Atualize seu currículo
Manter as informações atualizadas é essencial! "Verifique se já inseriu sua última experiência ou algum curso que fez nesse período", aconselha Carolina.

Ative (ou reative) o networking
Não tenha medo de se expor! O fato de ex-colegas e conhecidos saberem que você está em busca de uma oportunidade pode ajudá-lo a ter acesso ao mercado.

Crie uma estratégia para "vender" seus talentos
Procure entender quais são seus diferenciais competitivos. "Basicamente, o candidato precisa saber quais são suas qualidades como profissional e o que o destaca dos demais", diz a coordenadora. Além disso, pesquisar o que o mercado busca, onde e para quem estão direcionadas as principais oportunidades também é fundamental.

Invista na sua qualificação
Se tiver uma verba rescisória, usar parte dela para o seu próprio aprimoramento profissional (cursos de curta duração ou até aulas de idioma) pode ser um diferencial. Caso não tenha condições de investir neste momento, existem vários cursos gratuitos, e-books e workshops, disponíveis na internet, que podem ajudar na melhoria da sua qualificação profissional.

Serviço:
Vagas de Emprego - Maringá.Com



Voltar

Outras notícias

CLASSIFICADOS MARINGÁ.COM



antena decorativa
antena apenas 10,00 somente decorativa de colar no teto. endereço ave...
R$ 10,00


CRÉDITO P/ AQUISIÇÃO D...
CRÉDITO PARA AQUISIÇÃO DE IMÓVEL COM A MENOR TAXA DO MERCADO SEM BU...
R$ 1.500,00


MOBILHADA COMPLETA JD....
Papait Imóveis está feliz de anunciar está deslumbrante casa personali...
R$ 460.000,00


casa jd nova independê...
mude já, casa pronta no jardim nova independência, 2 quartos, laje, a...
R$ 120.000,00


Material Pré-vestibular
Vende-se material escolar Pré-vestibular da Poliedro (3ao e cursinho ...
R$ 200,00


CLASSIFICADOS GRÁTIS