• Maringa.com no Facebook
  • Maringa.com no Twitter
  • Maringa.com no Google+

07/12/2018 (Sexta)


BEM-ESTAR ANIMAL
Castrações garantem saúde e controle populacional de animais de rua



A Secretaria de Meio Ambiente, por meio da Diretoria de Proteção e Bem-Estar Animal, promoveu, em 2018, mais de 3,7 mil castrações de cães e gatos. Já para 2019 estão previstos cerca de 5,5 mil procedimentos. Serão investidos R$ 715 mil de recursos próprios para as castrações por sete clínicas veterinárias credenciadas. As ações atendem, exclusivamente, animais de rua adotados ou resgatados por famílias de baixa renda inscritas em um CRAS, associações e protetores independentes cadastrados.

As castrações iniciam ainda neste mês e deverão ser feitas independentemente da espécie, sexo e tamanho dos cães e gatos. A quantidade de procedimentos será dividida em lotes na mesma proporção entre os credenciados devidamente habilitados para contratação.

O secretário de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal, Ederlei Alkamim, ressalta que a intensificação das castrações integra o programa da administração municipal. “Como bem frisou o prefeito Ulisses Maia na inauguração da Diretoria de Proteção e Bem-Estar Animal, a causa é tratada como política pública e cumpre um dos compromissos de campanha”, lembra.

Além de aumentar o número de castrações, a Prefeitura estendeu também a machos o procedimento que evita o aumento populacional de animais de rua, previne doenças do aparelho reprodutivo e pode aumentar a expectativa de vida dos animais.

O procedimento é destinado a cães e gatos, com no mínimo 3 meses e no máximo 7 anos da idade, de qualquer sexo, sem raça definida (vira-latas) e com boas condições de saúde. Após o cadastramento, uma consulta é agendada antes da cirurgia.

As castrações são realizadas exclusivamente por médicos veterinários com anestesia geral. O animal retorna no mesmo dia para casa. Medicamentos do pós-operatório são de responsabilidade dos tutores. A partir do momento que alguém solicita a castração de um animal de rua, o mesmo se responsabiliza pela guarda do animal.

Associada no imaginário popular à mutilação gratuita e crueldade, a esterilização previne vários problemas de saúde dos animais domésticos. Nas fêmeas diminui os riscos de doenças uterinas, antes do primeiro cio praticamente exclui o risco de câncer de mama e impede a piometria (infecção do útero) que atinge em média 60% das cadelas.

Entre os benefícios da castração para os machos estão a prevenção do aumento da próstata de forma diferenciada, a ocorrência de tumores nos testículos e redução em cerca de 90 % de problemas de trato urinário.

O diretor de Bem-Estar Animal, Marco Antônio Azevedo, destaca que o município também credencia empresas para o desenvolvimento de sistema informatizado para o gerenciamento das castrações. “Essa ferramenta possibilitará mais rapidez, evitará o retrabalho e acima de tudo ampliará a transparência”, avalia.

Saiba mais
Diretoria de Bem-Estar Animal
Avenida Laguna, 668. Telefone: 3901-1885
De segunda a sexta, das 8 às 11h30, e das 13h30 às 17 horas.

Classificados Animais - Maringá.Com



Voltar


Outras notícias

CLASSIFICADOS MARINGÁ.COM



Terreno comercial na r...
Terreno comercial de 2.400 m2 em Iguatemi na beira da rodovia. Vizinho...
R$ 1.200.000,00


CASA JD PAULISTA III
CASA DE ALVENARIA 97 m² c/ 02 DORMITÓRIOS ( 01 SUITE e 01 QUARTO). S...
R$ 230.000,00


FRETE E MUDANÇA APARECIDO
Faça seu orçamento conosco! Trabalhamos de forma responsável, e cui...
A Combinar


Ed. Belvedere (Apucara...
EDIFÍCIO RESIDENCIAL BELVEDERE - Pronto para Morar. - Rua Clóvis D...
R$ 430.000,00


Compro Fita K-7 (NOVA)
Compro fitas cassete sem uso (virgem), no estado de zero! ...
R$ 0,00


CLASSIFICADOS GRÁTIS