• Maringa.com no Facebook
  • Maringa.com no Twitter
  • Maringa.com no Google+

07/12/2018 (Sexta)


SAÚDE
Mais de 435 mil doses de vacinas já foram aplicadas neste ano em Maringá



O ano ainda não terminou e a Secretaria de Saúde da Prefeitura de Maringá já aplicou mais de 435 mil doses de vacina, incluindo nesta conta as campanhas contra gripe, dengue, polio e sarampo. Mas antes de chegar na ponta da agulha, ou seja, nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), a vacina percorre um longo caminho: sai dos centros de armazenagem do Ministério da Saúde, segue para as regionais de saúde, no caso de Maringá, a 15ª, uma das 21 existentes no Paraná, e finalmente são distribuídas à rede de assistência básica a partir da Secretaria de Saúde.

O abastecimento das unidades básicas é feito seguindo rigoroso protocolo, que considera demandas pontuais. Nas quintas e sextas-feiras, as UBSs solicitam quais vacinas precisarão na semana seguinte. Nas segundas-feiras, as vacinas são encaminhadas. A entrega é realizada para todo lado sul da cidade e, depois, o lado norte (e vice-versa), de modo a garantir agilidade na entrega. O estoque de Maringá conta com mais de 15 tipos de vacinas, atendendo todas as demandas da cidade e, até mesmo, pacientes de municípios vizinhos.

Eventualmente, uma unidade ou outra pode ficar sem a vacina em função do aumento da procura. “Nessa época, é normal aumentar o número de pessoas procurando pelas vacinas, principalmente porque é necessário estar com a vacina em dia para se matricular, tanto na rede pública quanto privada”, explicou a coordenadora da Sala da Vacina, Edlene Goes. “Mas, isso não é nenhum problema, até porque as vacinas logo são repostas e os alunos têm até 30 dias para apresentar a declaração de vacina”, acrescenta.

A apresentação da carteira de vacinação é obrigatória na rede pública e privada de ensino no Paraná, conforme a lei (nº 19.534/2018), para crianças e adolescentes até 18 anos. As vacinas exigidas fazem parte do calendário vacinal básico nacional, dependendo da faixa etária. Ao realizar a matrícula, caso falte alguma vacinal para o aluno, ele tem até 30 dias para levar a declaração comprovando o recebimento da dose.

Vacinas disponíveis:
Para crianças:
BCG: composta por bacilo de Calmette-Guérin, protege contra tuberculose. É oferecida dose única para recém-nascidos, com mais de 2 quilos.
Vacinas poliomielite: composta pelos vírus da pólio, protege contra paralisia infantil. É oferecida 3 doses e mais duas de reforço.
Rotavírus: protege contra as gastroenterites causadas pelo rotavírus. A aplicação é via oral, em duas doses aos 2 e 4 meses
Penta valente: protege contra difteria, tétano, coqueluche, meningite por Haemophilus influenzae tipo b e Hepatite B. São 3 doses aos 2, 4 e 6 meses, mais duas doses de reforço com a vacina DTP (difteria, tétano e coqueluche).
pneumocócica 10 valente: protege contra pneumonia, meningite, otite. Dose aos 2 e 4 meses - reforço 1 ano.
Meningocócica C: protege contra a bactéria meningocócica C, que causa meningite. Dose aplicada aos 3 e 5 meses - reforço 1 ano.
Febre amarela, dose única, 9 meses
Hepatite A: protege contra infecção do fígado contagiosa, causada pelo vírus da hepatite. A dose única aos 15 meses.
Varicela: também conhecida por catapora. Primeira dose com Treta Viral aos 15 meses e duas doses, aos 4 a 6 anos e 11 meses, com varicela.

Para adolescentes (considera-se doses anteriores)
Meningocócica C: protege contra a bactéria meningocócica C, que causa meningite. Para adolescentes de 11 a 14 anos. Uma dose.
HPV (Vírus do Papiloma Humano): meninas de 9 a 14 anos e 11 meses e meninos de 11 a 14 anos e meses. São duas doses com 6 meses de intervalo.
Hepatite B: protege contra infecção grave do fígado causada pelo vírus da hepatite B.
Febre Amarela
Difteria e Tétano

Para adultos e idosos (caso não tenham recebido)
Hepatite B: 3 doses
Difteria, e Tétano: 3 doses
Febre Amarela: Dose única
Tríplice Viral: protege contra sarampo/caxumba/rubéola (até os 29 anos são duas doses, dos 30 aos 49, somente uma dose - após os 49 somente em casos de indicação ou viagens).

Para gestantes: Hepatite B (qualquer período da gravidez, caso nunca tenha recedido a dose) e dTpa para gestantes a partir de 20 semanas, independente se já tenha recebido.
Para todos os públicos: vacina de raiva. É realizada avaliação conforme o tipo do acidente e o animal envolvido.

Saiba Mais
Gerência de Epidemiologia
Secretaria Municipal de Saúde
Telefone: 44-3218-3169



Voltar

Outras notícias

CLASSIFICADOS MARINGÁ.COM



BATERIAS NOVAS POR R$ ...
Baterias de 40 ampéres por R$ 135,00 a vista na troca c/ 1 ano de gar...
R$ 135,00


EMPRÉSTIMO DE DINHEIRO...
ACEITAMOS: VISA, MASTER, HIPERCARD, AMERICAN EXPRESS, ELO, ATE 12X. ...
R$ 0,00


SENTRA 2012 TOP LINHA
Sentra 2012 Top de linha + couro + teto, baixa km totalmente revisado...
R$ 37.000,00


NEGÓCIO FECHADO
VENDO GOL AP 1.6 COM 245000 KM, COR PRETA, ESTOFAMENTO TODO FEITO, Q...
R$ 10.000,00


Jardim Monte Líbano co...
Linda casa situada no Jardim Monte Líbano em Sarandi com 3 quartos s...
R$ 180.000,00


CLASSIFICADOS GRÁTIS