• Maringa.com no Facebook
  • Maringa.com no Twitter
  • Maringa.com no Google+

02/12/2019 (Segunda)


GREVE
Paralisação nesta segunda (02) pode dar início a greve nas escolas estaduais



Um ato está marcado para esta segunda-feira (02) às 10 horas em frente ao Núcleo de Educação de Maringá. As instituições de Maringá ainda não definiram a paralisação efetivamente. - Foto: João Paulo Vieira/APP-Sindicato

De acordo com o jornal Maringá Post, um ato público foi convocado para esta segunda-feira (02), às 10 horas em frente ao Núcleo Regional de Educação de Maringá (avenida Carneiro de Leão). O ato marca o início de uma nova greve nas escolas estaduais da cidade. Ainda segundo o jornal, a paralisação foi aprovada em uma assembleia estadual da APP-Sindicato, no último sábado (23).

A paralisação efetiva em Maringá ainda é desconhecida, mas a orientação do sindicato é de que os professores e servidores não abram as instituições para proporcionar maior fortalecimento ao movimento da greve. A motivação da greve se dá devido à reforma da previdência estadual, seguindo os moldes aprovados pelo Congresso Nacional. A alteração segue em tramitação na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep).

Entre as principais mudanças, o governo estadual propõe uma idade mínima de 62 anos para mulheres e de 65 anos para homens, com contribuição de pelo menos 25 anos. Caso a proposta seja aprovada, a porcentagem de tributo dos servidores aumenta de 11% para 14%. Em 2019, a despesa com a previdência do funcionalismo alcança R$ 10,1 bilhões. Atualmente, há uma insuficiência financeira de R$ 6,3 bilhões para cobrir os gastos com aposentados e pensionistas do Estado. Sem a reforma, a previsão é que esta despesa ultrapasse R$ 9 bilhões por ano. Com as mudanças propostas, o déficit deve cair para R$ 2,5 bilhões.

PARALISAÇÃO UEM – O Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino de Maringá (Sinteemar) e a Seção Sindical dos Docentes da UEM (Sesduem) realizam assembleia na manhã desta segunda-feira (02) para analisar se também paralisam as atividades. O indicativo de greve, por causa da reforma da previdência, foi aprovado pelas duas entidades na semana passada. Na rede estadual de ensino, parte dos professores e servidores já paralisaram as atividades em 2019. O motivo da greve foi o impasse em relação ao reajuste salarial.


Maringá Post


Voltar


Outras notícias

CLASSIFICADOS MARINGÁ.COM



*******PERFUME IMPORTA...
*** FEMININOS *** GOOD GIRL CAROLINA HERRERA NEW YORK 80ML 315,0...
R$ 199,99


*** BEBIDAS***
www.dallasimports.com.br https://www.facebook.com/dallasimportsmga...
R$ 25,00


Apartamento
Somente pela imobiliária Silvio Iwata 2 quartos 1 banheiro 1 sal...
R$ 750,00


Direitos de consórcio ...
VENDO DIREITOS DE CARTA DE CRÉDITO JÁ CONTEMPLADA Crédito de: R$25...
R$ 59.000,00


Doação
MACHO, 01 ANO, NÃO ESTÁ CASTRADO (MAS DOU A CASTRAÇÃO) , CARINHOS...
A combinar


DOAÇÃO DE FILHOTES
Encontrei em um terreno baldio em frente a minha casa, recolhi, e a...
A combinar


doação!
Nicole Docíl, amiga, estou doando ela, esta castrada e vacinada, só...
A combinar


Terrenos Parcelados S/...
CONDOMÍNIO CASA DE CAMPO & CHÁCARA DE LAZER SOL NASCENTE. Locali...
A combinar


EMPRÉSTIMO DE DINHEIRO...
Dinheiro na hora, Passe o cartão e saia com dinheiro. Aceitamos ...
A combinar


ENGENHEIRO CIVIL
Regularização de construção junto a prefeitura de Maringá, Sarandi,...
R$ 18,00


CLASSIFICADOS GRÁTIS